sexta-feira, 23 de junho de 2017

Praça da Matriz é inaugurada no aniversário de Bequimão

No dia do aniversário de 82 anos da cidade de Bequimão, situada na Região da Baixada Maranhense, foi a população que ganhou presentes. Em várias partes da cidade o prefeito Zé Martins (PMDB) inaugurou diversas obras, como a escola em homenagem a professora Benedita Moraes, e a reforma da Praça Matriz da cidade.

A festa do aniversário da cidade começou no dia 18 de junho com os shows de louvor de adoração a Deus. Uma alvorada de fogos, que acordou os moradores às 5h da manhã, deu início a uma série de programações para agradar a população. A macha das escolas, Corpo de Bombeiros Civil e Guarda Municipal, foi o pontapé inicial das comemorações. Pela tarde, o prefeito deu início a copa Taça Cidade de Bequimão, onde vinte e dois times vão concorrer pelo título.

Durante a noite, Zé Martins participou da missa em ação de graça na Igreja de Santo Antônio. Logo em seguida, na presença do ex-prefeito da cidade, Juca Martins, do deputado estadual Adriano Sarney (PV) e da população bequimãoense, o prefeito inaugurou uma das mais importantes obras da cidade, a Praça e Santo Antônio (Praça Matriz).

Segundo o deputado Adriano Sarney, o município de Bequimão tem um dos melhores prefeitos do estado. “Em um momento de crise no Brasil e no Maranhão, é gratificante ver o trabalho de um governo que faz com as próprias mãos, sem depender de recursos de terceiros”, destacou o parlamentar.

Para o prefeito, a inauguração da praça vai, além de beneficiar moradores, movimentar a economia da cidade, porque visitantes serão atraídos para cidade. “A praça é um dos principais cartões postais da cidade, a reforma vai trazer destaque para cidade e renda para a população, frisou Zé Martins.  
O prefeito Zé Martins tem uma das melhores gestões dos municípios, porque valoriza os costumes de Bequimão e traz desenvolvimento para os moradores. 

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Festa do Divino em Alcântara atrai grande número de turistas e ultrapassa fronteiras

Criada no início do século XIV em Portugal, a Festa do Divino Espírito Santo foi trazida pelos colonizadores para o Brasil no século XVI, em especial para a cidade de Alcântara, no Maranhão. Realizada no Dia de Pentecostes, 50 dias após a Páscoa, a Festa do Divino é uma homenagem religiosa a terceira pessoa da Saníssima Trindade; o Espírito Santo.

Durante a Festa do Divino, a cidade histórica é tomada por visitantes de todos os lados do Brasil. De qualquer região do país havia turistas em Alcântara durante o festejo religioso. O clima de festividade inclui missas, hasteamento de mastros, ladainhas, alvoradas das caixeiras, e cortejos que percorrem ruas, ladeiras, becos e as casas de moradores da cidade. Um dos pontos alto da festa acontece no salão nobre do Palácio Imperial de Alcântara, local onde fica localizado um altar para apresentações dos membros da corte.

Munidos de fé e devoção, os moradores da cidade ganham ainda mais força ao se juntarem com turistas, que transformam o festejo em romaria religiosa. Não importa se faz sol ou chuva, ali estão os alcantarenses unidos na realização do festejo.

As regras são cumpridas passo a passo, tudo de acordo como manda a tradição. O festejo começou no dia 24 de maio e encerrou-se dia 5 de junho, deixando um legado positivo como o melhor festejo de todos os tempos. Durante os 12 dias de festa, tanto os alcantarenses, quanto os turistas tiveram opções de diversão e lazer.

Rica em belezas naturais e arquitetônicas, a cidade de Alcântara conta com vários pontos turísticos, além de praias paradisíacas. A turista gaucha, Ana Paula Menezes, estudante de antropologia, aproveitou o festejo para fazer turismo e uma pesquisa. “Como futura Antropóloga, aproveitei o festejo e matei dois coelhos com uma cajadada só, [risos]. Alcântara é uma cidade para ser estudada em vários pontos. O próprio festejo precisava ser estudado e transformado em livros. Estou saindo daqui muito rica de material histórico, mas me diverti bastante também” – destacou a universitária.

Durante os finais de semana, a Praça da Matriz ficou pequena para tanta gente que lotou o espaço público durante shows. Durante o período festivo as pousadas e hotéis da cidade superlotaram, até as ruas e praças serviram como acampamento para quem chegou de última hora. Os empresários, mototaxistas, taxistas e donos de vans, barcos e catamarãs, faturaram alto durante os 12 dias de festa, sem contar os barraqueiros e donos de clubes de reggae.

Para a imperatrizense Maria Felícia Carvalho, que veio à Alcântara pela primeira vez, o festejo superou suas expectativas. “Nunca tinha vindo aqui, na verdade fui induzida por amigas que já vieram outras vezes, mas até elas ficaram surpresas com tanta gente este ano no festejo, confesso que pretendo voltar outras vezes e já tem data marcada, ano que vem” – destacou.

Em Alcântara os moradores tinham o privilégio de encontrar autoridades pelas ruas da cidade, como deputados, secretários estaduais, além de profissionais da imprensa maranhense e nacional. O festejo foi tão grandioso que acabou ultrapassando fronteiras, e logo após o encerramento, o Museu de Artes Modernas do rio de Janeiro recebeu uma exposição de fotos do festejo, realizada pelo experiente fotógrafo Márcio RM, que pretende transformar toda história em livro.

Para o prefeito Anderson, todo apoio do governo do estado em parceria com a prefeitura de Alcântara serviu para revitalizar o festejo. “Estamos trabalhando para resgatar e revitalizar as tradições culturais e religiosas de Alcântara. Temos o apoio do governo do estado e essa parceria tem trazido bons resultados em todos os setores de nossa gestão” – descreveu o prefeito.

A Secretária de Cultura e Turismo destacou a importância do apoio da prefeitura na realização do festejo. “A organização do festejo é da comunidade, mas a prefeitura em parceria com o governo do estado fez sua parte e tai o resultado, cidade lotada de turistas” – disse Marcelina Serrão.


Jovens, crianças e adultos se entregam de corpo e alma durante o festejo. A cidade parou para receber turistas e romeiros, um povo hospitaleiro e uma cidade pacata fazem de Alcântara um local desejado e amado por aqueles que a visitam. O mundo precisa conhecer as belezas e o povo alcantarense.

domingo, 28 de maio de 2017

Nasce a ASPCOM! Um sonho que se torna real

Radialista, jornalistas, publicitários e relações públicas se reuniram no fim da tarde deste (27), no auditório do Jornal O Imparcial, para ver um sonho se tornar real e sair do papel, o lançamento da Associação dos Profissionais de Comunicação do Maranhão – ASPCOM. A associação surgiu com a proposta de fortalecer a comunicação no estado por meio da valorização dos profissionais e união da classe.

No início do evento, o radialista Flávio Chocolate, mentor do projeto de criação da associação, falou os motivos pelo quais a ASPCOM foi fundada. O publicitário Rodrygo Vera Cruz apresentou a logo e mostrou o processo de fundamentação e criação da marca. O estatuto da instituição foi apresentado aos profissionais que estavam na reunião pela assistente social Cristina Monteiro.
Após as apresentações, os comunicadores elegeram a Mesa Diretora, que tem a responsabilidade expandir a associação nos primeiros anos.

Segundo Flávio Chocolate, eleito presidente da associação, a qualidade dos profissionais que compõe a ASPCOM é excelente, o que trouxe felicidade e motivação para continuar a luta por um sonho que passa a ser concreto. “O empenho e o compromisso são pontos que devem ser destacados. As pessoas que participaram na reunião contribuíram muito, deste a organização até o fim do evento. Esse tipo de atitude me faz acreditar que a associação dará vôos altos, frisou o comunicador.

A ASPCOM inicia as atividades com quatro bandeiras de trabalho: a catalogação um terreno público ocioso no perímetro urbano da cidade para a construção da sede social; realização de mutirão da saúde em parceria com órgãos públicos; uma audiência pública com empresários, poder públicos e os profissionais para discutir a situação do piso salarial; e a busca por um projeto de lei, tanto no âmbito municipal e estadual, obrigando a realização de concurso público para profissionais de comunicação.

Para o jornalista e coordenador financeiros da instituição, Tarcísio Brandão, a classe dos comunicadores necessita de estabilidade financeira e valorização profissional. “Estaremos unidos e vamos cobrar dos legislativos municipal e estadual, para que o projeto de lei que institui o concurso público para as profissões da comunicação seja protocolado e votado com máxima urgência”, destacou o coordenador.

Com o slogan “unir para comunicar mais”, a ASPCOM se torna uma instituição pioneira e que entra para história do Maranhão unindo radialistas, publicitários, jornalistas e relações públicas em um só propósito. O publicitário Rodrigo Veraz Cruz, eleito vice-presidente, destacou que a união vai trazer uma série de benefícios para os profissionais, tanto na valorização profissional, como no lazer e atenção social dos comunicadores e familiares.

O sentimento de alegria e satisfação era eminente no rosto de cada profissional que participou do nascimento da Associação dos Profissionais de Comunicação. O sonho se torna real e a Classe de Comunicadores entra para história, plantando a semente que dará belos frutos no futuro.

VIDA LONGA À ASPCOM!

VEJA COMO FICOU A DIRETORIA EXECUTIVA DA ASPCOM

Cargos:

Presidente – Flavio Brito (Flávio Chocolate)
Vice- Presidente – Rodrygo Vera Cruz
Secretario Geral – Augusto Jr.
Segundo Secretário – Elisangela Silva
Coordenador Financeiro – Tarcisio Brandão
Segundo Coordenador Financeiro – Verislene Alves
Diretor de Operações – Isaias Rocha
Vice-diretor de Operações – Adilson Carlos
Diretor Cultural e de Comunicação social – Robson Júnior
Vice-diretor Cultural e de Comunicação social – Samir Ewerton
Diretor de Patrimônio – Vidal Neto
Vice-diretor de Patrimônio – Allan Albuquerque
Diretor Geral de Pólos – Adilson Sousa
Vice-diretor de Pólos – Raimundo Filho

Comissões

Educação – Neuton César e Marcos Belfort
Esporte – Edu Santos, Ademar Monteiro, Gutemberg Silva e José Neto
Ação Social e Saúde – Isadora Alves,  Dalvana Mandes, Rodrigo, Mauro Garcia, Aniele Granjeiro
Eventos – Jorge Mamede, Ubiratan Cunha, Giovane Marcos

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Familiares de motoristas e cobradores terão gratuidade no transporte público

Passou a tramitar na Câmara Municipal de São Luís um projeto de lei que permite a concessão de passagem gratuita aos cônjuges, filhos, companheiros (as) e dependentes de motoristas e cobradores do transporte coletivo público da capital.

O projeto deve beneficiar o grupo familiar do funcionário que possui renda mensal de até três salários mínimos. O empregado deve confirmar à empresa a situação salarial do cônjuge ou companheiro (a) por meio de certidão emitida pelo INSS.  Os filhos de até 18 anos ou dependentes economicamente também serão beneficiados.

A proposição foi idealizada pelo vereador Umbelino Junior (PPS) e está sendo avaliada pelas comissões de Constituição e Justiça, e Mobilidade Urbana da Câmara Municipal. Se o parecer for favorável, o projeto será votado pelos vereadores e encaminhado para sanção do prefeito. 

Vem aí a ASPCOM – Associação dos Profissionais de Comunicação do Maranhão

Será lançada no próximo sábado (27), a Associação dos Profissionais de Comunicação do Maranhão (ASPCOM). O evento vai acontecer no Anfiteatro do Jornal ‘O Imparcial’ à partir das 16h.

A Associação nasce com foco no fortalecimento da comunicação no Estado do Maranhão, na valorização e integração do profissional que atua na comunicação em suas diversas áreas.

Na linha de frente do projeto está o Radialista Flávio Chocolate, o Jornalista Tarcísio Brandão e o Publicitário Rodrygo Vera Cruz, em conjunto com diversos apoiadores.

Um antigo sonho dos profissionais parece que finalmente sairá do papel, que é uma associação física, onde poderá reunir seus associados e assim como qualquer outra categoria ser um espaço de lazer, de confraternização e entretenimento, conforme explica um dos idealizadores, Flávio Chocolate. “Nossos colegas querem uma integração, querem se aproximar um dos outros, querem discutir os problemas relacionados à área e buscar juntos soluções, querem ter um espaço físico para comemorar o dia do publicitário, do jornalista, do radialista, dia das mães, dia dos pais, um lugar pra chamar de seu, pra jogar uma bola, levar os filhos, mostrar que assim como toda profissão tem um espaço, tem um lugar físico, estruturado, a gente sentiu uma necessidade de fazer uma associação com esse pensamento”.

A associação terá além do lado social e recreativo, um espaço privilegiado para a realização de cursos, seminários e ainda contará com estúdios de Rádio e TV, experimentais em um primeiro momento, com atuação na web.

Flávio Chocolate destaca ainda um aspecto importante da Aspcom, que diz respeito a criação de pólos da associação em todo o Maranhão. “Há muito tempo as pessoas que moram em outras cidades do estado do Maranhão, elas não se sentem representadas, os profissionais da área. Faltam cursos, faltam conversas, diálogos, seminários, congressos. Então estamos convidando colegas de outras cidades que serão responsáveis por polos, à priori já vamos começar com cerca de oito unidades espalhadas em todo Maranhão, aqui em São Luís, já temos representação na Raposa, Paço do Lumiar e Ribamar. Já temos também gente em Colinas, Itapecuru, Viana, Bacabal, Timon e outros.

Chocolate frisa ainda que a Aspcom não será uma entidade para ‘brigar’ por piso salarial, segundo ele, isso é um dever dos sindicatos, mas afirma que a associação representará sim os associados juntos às entidades de classe para que elas cumpram seu papel.

A ideia já vem sendo pensada, exposta e tem recebido diversos apoiadores e entusiastas e já conta inclusive com um Grupo de WhatsApp.  Para participar e outras informações, adicione (9 8146 5937 – Flávio Chocolate).

No sábado (27), todos os profissionais de comunicação estão convidados para o lançamento de todo o projeto dessa belíssima ideia da Aspcom.  Na oportunidade também serão expostas outras novidades, com surpresas inclusive em relação à associação.

Vejo com bons olhos e vislumbro novos rumos para a comunicação deste Estado e com a união do maior número de colegas quem tem a ganhar somos todos nós. Essa é a hora de apoiar e principalmente estar presente na reunião de lançamento e conhecer tudo sobre a associação.
Vamos juntos! Vida longa à Aspcom!

SERVIÇO

O quê? Associação dos Profissionais de Comunicação do Maranhão (ASPCOM)

Quando? Sábado dia 27

Que horas? 16h

Onde? Anfiteatro do Jornal ‘O Imparcial’ – Renascença

Texto: Samir Ewerton